quarta-feira, 29 de julho de 2015

Programação Cineclube Cinema UNISUL - Agosto de 2015

Programação de Agosto
Cineclube Cinema UNISUL

6 e 8 de agosto, às 20h (Quinta-feira e Sábado)
CANAL BRASIL: Loki, Arnaldo Baptista
Direção: Paulo Henrique Fontenelle
Ano: 2009
Duração: 120 min
Sinopse: Documentário biográfico sobre a vida e a obra de Arnaldo Baptista, que foi o líder e fundador da banda Os Mutantes, uma das bandas brasileiras mais conhecidas e também parte fundamental do movimento conhecido como Tropicália. Os altos e baixos do grupo, a saída de Rita Lee, e também depoimentos de pessoas como Sean Lennon, Kurt Cobain e Devendra Banhart, todos grandes admiradores dos Mutantes.

7 e 9 de agosto, às 20h (Sexta-feira e Domingo)
CANAL BRASIL: Dzi Croquette
Direção: Raphael Alvarez, Tatiana Issa
Ano: 2009
Duração: 110min
Sinopse: Em 1972 estreava o primeiro show dos Dzi Croquettes. Com homens usando roupas femininas, de forma a mostrar as pernas cabeludas e a barba, ele logo foi um sucesso. Apesar disto, foi também banido pelo Serviço Nacional de Teatro. Incorporando o espírito da contracultura reinante na época, os Dzi Croquettes usavam a irreverência para criticar a ditadura militar brasileira.

13 e 15 de agosto, às 20h (Quinta-feira e Sábado)
SPCINE: Jardim Europa
Direção: Mauro Baptista Vedia
Ano: 2014
Duração: 77min
Sinopse: Eleonora e seus três filhos, Luís Felipe, Ana Luiza e Mariana, vivem no bairro de Jardim Europa. Apesar do dinheiro contado, eles não deixam o luxuoso bairro por nada. Escritor, Luís Felipe é frequentador assíduo de um sebo, onde conversa bastante com o dono Juarez e o empregado Pampolini, morador de um bairro pobre da zona leste. Quando Alberto, o pai falido, volta para casa, a vida dessa família decadente vai mudar radicalmente.

14 e 16 de agosto, às 20h (Sexta-feira e Domingo)
SPCINE: Vilanova Artigas
Direção: Laura Artigas e Pedro Gorski
Ano: 2015
Duração: 93min
Sinopse: João Batista Vilanova Artigas nasceu em Curitiba e fez fama em São Paulo, onde foi reconhecido como um dos maiores arquitetos brasileiros do século XX. O documentário apresenta sua trajetória por meio de lembranças de familiares, amigos, alunos, imagens de arquivo e visitas a algumas de suas mais importantes obras.

Lançamento em Florianópolis

20 e 22 de agosto, às 20h (Quinta-feira e Sábado)
Sistema de Animação
Direção: Alan Langdon e Guilherme Ledoux
Ano: 2008
Duração: 79min
Sinopse: “Sistema de Animação" mergulha o espectador na experiência de conhecer o talentoso e não-menos excêntrico baterista Lourival José Galiani, o "Toucinho". O resultado tece um retrato músico e filósofo que a dupla documentarista registrou durante um ano de filmagens: um verdadeiro artista nato e marginal do Brasil, condição nem sempre fácil (ou possível) de explicar, porém certamente fruto tanto da situação cultural no Brasil quanto da personalidade do Toucinho.

Com presença do diretor.

21 e 23 de agosto, às 20h (Sexta-feira e Domingo)
Desculpe pelo transtorno - A História do Bar do Chico
Direção: Todd Southgate
Ano: 2015
Duração: 80min
Sinopse: A história de um simpático pescador cujo pequeno bar à beira-mar tornou-se o “marco zero” na batalha de uma comunidade contra o desenvolvimento desenfreado da região e contra os poderosos interesses políticos.

Com presença do diretor.

27 e 29 de agosto, às 20h (Quinta-feira e Sábado)
Democracia Armada
Direção: Felipe Eugênio Kurc
Ano: 2014
Duração: 74min
Sinopse: Democracia Armada retrata o período da transição da ditadura militar no Brasil para o processo de redemocratização

28 e 30 de agosto, às 20h (Sexta-feira e Domingo)
Boulevard: Filme sobre um Bom Fim
Direção: Boca Migotto
Ano: 2015
Duração: 88min

Sinopse: O longa promove o bairro Bom Fim, Porto Alegre, resguardo do movimento jovem que ocorreu no fim da década de 70 e início de 80, com base em entrevistas de grandes cineastas, músicos e artistas que vivenciaram os anos dourados da cidade.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Cineclube Cinema UNISUL - Clássicos e Linguagem do Cinema III

30 de julho e 1º de agosto de 2015, às 20h

Clássicos: Aniki Bóbó (Portugal)
Direção: Manuel de Oliveira | 1942 | 68min
Sinopse: Aniki-Bobó representa a passagem de Manoel de Oliveira do documentário para a ficção. Desde a fotografia, da responsabilidade de António Mendes, ao enredo, ao desenrolar da ação, tudo se encaixa harmoniosamente no filme, ficando dele uma dimensão poética. Uma guerra entre crianças, cheia de hipocrisia, egoísmo, que configura o mundo dos adultos.
Rodado em plena 2ª Guerra é uma mensagem de paz, de reconciliação «feita através do dono da "loja das tentações".


31 de julho e 2 de agosto de 2015, às 20h

Aula de cinema: Linguagem do Cinema III
Coletânea, de 10 títulos, dirigida por Geraldo Sarno, documenta os processos de criação de 12 cineastas brasileiros. A base comum a todos os títulos é uma ou mais entrevistas com o realizador montada com trechos expressivos dos filmes citados.
Nesta sessão estão:
Ana Carolina no País do Cinema (47min)
Espaço e tempo no cinema de Ruy Guerra (55 min)

terça-feira, 21 de julho de 2015

Cineclube Cinema UNISUL | Cinema do CIC - Sessão SPCine


Cinema do CIC - Sessão SPCine
23 a 26 de Julho de 2015

23 e 25 de julho de 2015, às 20h
Sessão SPCine
A Vida Privada dos Hipopótamos| 2014 | 90min
Direção: Maíra Bühler e Matias Mariani
Sinopse: Um técnico de informática americano e entediado se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês, e uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições. O que seria facilmente a trama de um filme de ficção é a história de Christopher Kirk, preso em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Uma história que ele conta obsessivamente e que pode ter a ver, ou não, com sua prisão.
Classificação: 12 anos


24 e 26 de julho de 2015, às 20h
Sessão SPCine
Hamlet | 2014 | 90min
Direção: Cristiano Burlan
Sinopse: A partir do assassinato de seu pai por seu tio, Hamlet é obrigado a enfrentar suas próprias contradições e as do mundo à sua volta.Originalmente ambientada dentro de um castelo, a tragédia ganha como cenário as ruas da cidade, e é neste espaço onde os impulsos privados afloram a atestam os limites da vingança. Em uma desconstrução de si mesmo, Hamlet mergulha na eterna questão sobre o sentido da existência.

sábado, 11 de julho de 2015

Cineclube Cinema UNISUL | Sessão de Curtas e Sessão SPCine

16 e 18 de julho de 2015, às 20h

Sessão de Curtas: cinema com sensibilidade

Os Caminhos Desconhecidos do Mundo Luz de Michele Diniz
Sinopse: O documentário acompanha o processo de cinco crianças de comunidades próximas à Universidade durante uma oficina de fotografia e aborda aspectos de educação

e desigualdade social, guiado por sons e imagens da infância da realizadora.
Minha Casa, Minha Janela de Priscila Pacheco | 9min
Sinopse: Refletir e noticiar o contexto em que as crianças que participaram do projeto vivem, mas com base na visão em primeira pessoa sobre seu próprio espaço.
Beija Flores de Gabriela Caldas | 10min
Sinopse: Um filme feito por todos alunos da Oficina Inventar com a Diferença Cinema e Direitos Humanos da Escola Municipal Maria Virginia Leite Franco em Laranjeiras Sergipe.
Recortes de Uma Vida de Leandro Cordeiro | 13min
Sinopse: Alceu Gonçalves cria as suas obras com recortes em madeira e sem saber representa parte da arte Naif nacional.

17 e 19 de julho de 2015, às 20h
Sessão SPCine

Hamlet | 2014 | 90min
Direção: Cristiano Burlan

Sinopse: A partir do assassinato de seu pai por seu tio, Hamlet é obrigado a enfrentar suas próprias contradições e as do mundo à sua volta.Originalmente ambientada dentro de um castelo, a tragédia ganha como cenário as ruas da cidade, e é neste espaço onde os impulsos privados afloram a atestam os limites da vingança. Em uma desconstrução de si mesmo, Hamlet mergulha na eterna questão sobre o sentido da existência.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Cineclube Cinema UNISUL | Cinema do CIC - CineDesign

CINEDESIGN - Bienal Brasileira de Design
Programação especial no Cineclube Cinema Unisul

Confira a programação:

QUI09JUL às 20h

Stolarski: fale mais sobre isso | Bruno Porto e Luiz Marcelo Mendes | 41min
Sinopse André Stolarski foi um dos mais prolíficos designers brasileiros desta virada de século. Seja como designer visual, pensador, autor, curador, professor, seu trabalho e suas idéias influenciaram todos que se aproximaram dele. Este filme mostra um pouco do porque - falando mais sobre isso.

Prelo | Raquel Pinheiro e Virgínia Pitzer | 18min
Sinopse Os ruídos do século passado ecoam naquela que é uma das únicas oficinas tipográficas de Belo Horizonte. Naquelas máquinas, prensas, tintas e papéis transbordam casos e memórias do tipógrafo Ademir Matias. O documentário Prelo traz reflexões sobre a produção tipográfica contemporânea e toca em temas como a solidão, a persistência e a transformação.

Letras que flutuam | Fernanda Martins | 10min
Sinopse A pesquisa de Fernanda Martins, documentada neste curta-metragem, resgata o trabalho dos pintores de letreiros ("abridores de letras") dos barcos do Pará, com suas características letras decorativas vitorianas. Tudo isso animado por uma trilha sonora de carimbó paraense!

SEX10JUL às 18h
Maker (Estados Unidos)
Direção Mu-Ming Tsai
Ano 2014
Duração 65min
Sinopse O filme explora ideias, ferramentas e pessoas que estão liderando o "movimento maker". Os "makers" estão reformando a economia através do "faça você mesmo" e do "façamos juntos", no que já está sendo chamado de a Terceira Revolução Industrial. Conceitos inovadores como "open source", fabricação digital, crowdfunding e manufatura local estão ajudando a superar o estereótipo de "geeks" e amadores.

SEX10JUL às 20h

Bill: The master's vision (Suíça)
Direção Erich Schmid
Ano 2008
Duração 94min
Sinopse Ex-aluno da Bauhaus, considerado um dos mais importantes artistas suíços do século 20, diretor da escola de design de Ulm, Bill teve influência direta na implantação do ensino de design no Brasil, tendo ensinado em São Paulo e no MAM RJ. O filme fala sobre sua trajetória no campo da arte, estética e política.

SÁB11JUL às 18h
Eames: The Architect & The Painter (Estados Unidos)
Direção Jason Cohn, Bill Jersey
Ano 2011
Duração 84min
Sinopse Charles Eames e sua esposa, Ray, formaram uma equipe marcante no design americano do século vinte. Mobiliário, interiores, materiais médicos, filmes, brinquedos, design visual - uma verdadeira atuação multidisciplinar do pensamento de design aplicado a diversos campos.

SÁB11JUL às 20h
Design is One: The Vignellis (Estados Unidos)
Direçã: Kathy Brew, Roberto Guerra
Ano 2012
Duração 86min
Sinopse Leila e Massimo Vignelli tem sua longa e produtiva carreira retratada neste filme. “Se você não consegue achar (o que precisa), desenhe" - "desde uma colher até uma cidade", recomendava o mestre. Uma das grandes estreias nacionais desta mostra, é um filme definitivo e imperdível!

DOM12JUL às 18h
Design & Thinking (Estados Unidos)
Direção Mu-Ming Tsai
Ano 2012
Duração 74min
Sinopse Pensando negócios para o século 21 - essa é a abordagem principal desse filme, com entrevistas a designers, empreendedores sociais, executivos, em busca de compreender melhor o que é e quais são as potencialidades do design como ferramenta para estruturar o pensamento estratégico.

DOM12JUL às 20h
Design the new business (Holanda)
Direção Erik Roscam Abbing
Ano 2011
Duração 40min

Sinopse Nos tempos de hoje, design e negócios não podem mais ser pensadas como atividades distintas com objetivos individuais. Design the New Business é um filme dedicado a investigar a forma como designers e empresários estão a trabalhar em conjunto em novas formas de resolver os problemas complexos que o mundo empresarial de hoje está a enfrentar.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Alunos de Cinema UNISUL lançam canal no YouTube


 Os estudantes do curso de Cinema UNISUL Zé Carlos S. Jr., Luan Ramos, Letícia Mittelmann e Daisa TJ lançaram o canal no YouTube Movie Hall. O canal tem por objetivo expressar visão deles sobre a arte cinematográfica dentro e fora dos filmes, debatendo diversos assuntos deste meio, compartilhando experiências da faculdade e até mesmo exibindo produções próprias, tanto produções do curso quanto produções exclusivas para o canal.

Em pouco tempo de existência, o Movie Hall (apresentado por Zé e Luan, foto acima) já alcançou mais de 400 inscritos e 7 mil visualizações. São postados dois vídeos por semana, às segundas e quintas-feiras, sempre às 11h. Entre os vídeos já divulgados está a cobertura do Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM) e da Oficina de Iluminação, ministrada por Márcio Carvalho, técnico da UNISUL.

Confira abaixo o trailer do Movie Hall e clique aqui para assistir aos vídeos e se inscrever no canal.

Cinema UNISUL recebe coletânea Coleção CTAv Petrobras

O curso de Cinema UNISUL recebeu do Centro Técnico Audiovisual (Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura) a coletânea Coleção CTAv Petrobras.

Patrocinada pela Petrobras, essa coletânea contempla 20 DVDs que reúnem 110 curtas e médias-metragens produzidos pelo Instituto Nacional de Cinema Educativo (INCE) e posteriormente pelo Instituto Nacional de Cinema (INC).

Cerca de metade deles trazem a direção de Humberto Mauro, cujo trabalho no INCE definiu um padrão da época para tratar de cultura, ciência e História no cinema educativo. Os 20 DVDs dessa coleção foram organizados por temáticas como Cidades Históricas, Música Erudita Brasileira, Humberto Mauro para Crianças, Cultura Negra, Nordeste/Seminário, Personalidades do Cinema Brasileiro, e George Jonas: Iniciação à Física, entre outras.

Esta coleção produzida pelo Ministério da Cultura é oferecida às mais variadas instituições nacionais - universidades públicas, cinematecas, cineclubes, entre outros - com o propósito de apoiar e difundir o cinema nacional nas cinco regiões do país. A ideia é incentivar a exibição, sem fins lucrativos, de filmes raros para o público em geral - desde estudantes a pesquisadores e apreciadores da sétima arte de modo geral.

Na UNISUL, os filmes estarão disponíveis no núcleo de pesquisa EPOCA (Grupo de Pesquisa em Estética e Política Contemporânea), antigo NUPA, mediante as normas de funcionamento do mesmo.