quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

FAÇA CINEMA NA UNISUL - ingresse no curso pelo Histórico Escolar

Making of de ESPECTROOM, TCC curta-metragem de Maíra Linhares. Foto: Daisa TJ



Terça-feira, 22/01, encerram-se as inscrições para a segunda etapa do processo seletivo pelo Histórico Escolar. Nele, é possível o ingresso de novos estudantes no Curso de Cinema sem a necessidade de fazer vestibular.

Optando pelo processo seletivo via Histórico Escolar, o estudante precisa apenas ter um certificado de conclusão do ensino médio, fazer sua inscrição pelo site da UNISUL e entregar ou enviar pelo correio os documentos exigidos. 

Visite o site da UNISUL e verifique os editais de ingresso, o calendário, o passo a passo - da inscrição à matrícula, bem como a documentação exigida.

A inscrição para o ingresso pelo Histórico Escolar é feita totalmente online, isenta de taxas e, havendo vagas, é possível ingressar durante todo o semestre.

Além dessa modalidade, a UNISUL oferece ainda outras condições que facilitam o ingresso no Curso de Cinema, como Bolsas, Financiamento Estudantil e Convênios com empresas, organizações públicas e privadas.

Inscreva-se e acompanhe o cronograma da segunda etapa do processo seletivo pelo Histórico Escolar:

Inscrições online: até 22/01/2019

Envio de documentos (carta registrada): 10/01/2019

Envio de documentos (sedex): 15/01/2019

Envio de documentos (presencialmente): 23/01/2019

Classificados: 28/01/2019

Matrícula: 30/01/2019

Vencimento do boleto: 31/01/2019

Início das aulas: 25/02/2019


Faça Cinema na UNISUL!


Making of de ESPECTROOM, TCC curta-metragem de Maíra Linhares. Fotos: Daisa TJ




terça-feira, 15 de janeiro de 2019

ESTUDE CINEMA NA UNISUL - Bolsas Sociais de 50% de desconto




Estão abertas as inscrições para Bolsas Sociais de 50% para estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos brutos. Para concorrerem a essas bolsas os candidatos devem se inscrever, via Histórico Escolar, até o dia 22/01, no site da Unisul. A entrega dos documentos deve ser feita no dia 23/01.

Acesse o link https://bit.ly/2Rp6sEx, para baixar os editais e para saber quais são os documentos necessários.

A Unisul concede também descontos para estudantes oriundos de escolas públicas, para quem provém de outras instituições, para acadêmicos que desejam retornar à universidade e para profissionais que querem realizar uma segunda graduação. E, antes do início das aulas, também serão ofertadas bolsas do Prouni e do Cebas, ambas concedidas pelo Ministério da Educação. 

O Curso de Cinema da Unisull tem conceito máximo no ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), é o 2º melhor Curso de Cinema do Brasil, de acordo com o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Ministério da Educação) e possui conceito quatro no CPC (Conceito Preliminar de Curso do Ministério da Educação) e no Guia do Estudante.

Estude Cinema na Unisul!  


quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

FITINHA CREPE DE OURO 2018 - CERIMÔNIA DE APRESENTAÇÃO

Os apresentadores Guilherme Ricci e Ariane Cândido durante a cerimônia de premiação do FITINHA


Há 12 anos o curso de Cinema criou a MOSTRA COMPETITIVA FITA CREPE DE OURO. Nela, os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos estudantes da 8ª fase do curso de Cinema da UNISUL disputam 17 categorias. O evento, tornado público em 2012, reúne um número cada vez maior de participantes.

Há 4 anos, percebemos que os inúmeros filmes realizados dentro das demais fases do curso precisavam sair dos espaços exclusivos das Unidades de Aprendizagem e serem vistos por outras pessoas além dos professores e das turmas em que são produzidos. As produções audiovisuais deviam ganhar um espaço maior que a sala de aula. Desta necessidade criamos o FITINHA CREPE DE OURO, que em 2018 está em sua 4ª edição. As categorias do FITINHA correspondem as Unidades de Aprendizagem em que são produzidos os filmes. Trabalhos criados na aula de Montagem concorrem a Melhor Montagem, filmes criados nas aulas de Roteiro, concorrem a Melhor Roteiro, e assim por diante. Um diferencial do FITINHA é que as inscrições dos filmes são uma opção dos próprios estudantes, em uma mostra do que será a vida de cineasta em festivais mundo a fora. Portanto, nem tudo o que fazemos no curso, é tornado público. 

Porém, o número de inscritos sempre nos surpreende, pois significa que estamos produzindo mais durante os quatro anos da graduação e, também, que nossos estudantes estão mais confiantes em suas aprendizagens. Neste ano tivemos 42 filmes inscritos, o que representa uma parte do que se fez em 2018.

Mais do que uma competição as Mostras vêm, nesse tempo, se tornando um importante momento de congraçamento, quando as equipes podem ver seus trabalhos na tela. 

Inúmeras parcerias vêm se fortalecendo nesse processo, com os grupos de teatro da grande Florianópolis e com os grupos de música, por exemplo, que contribuem de forma generosa com os trabalhos dos nossos estudantes. Neste sentido, através dos trabalhos acadêmicos, os estudantes passam a formar redes de cooperação, que é a maneira de produção cinematográfica por excelência.

Nesses eventos, a forma pública de exibição é mais uma oportunidade de aproximação da universidade com a comunidade externa, mas, principalmente, é uma forma de conhecermos as famílias dos estudantes que confiam em nossa instituição e em nossa formação em Cinema e Audiovisual, trabalho que se iniciou em 1999.  

Assim, o filme que publicamos hoje é parte do registro da cerimônia de premiação do FITINHA CREPE DE OURO 2018. Em breve postaremos o registro da cerimônia de premiação da MOSTRA COMPETITIVA FITA CREPE DE OURO 2018.

Em nome da equipe do curso, desejamos a todxs uma boa sessão!

Mara Salla

Dilma Juliano

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Sessão de CINEMA AO AR LIVRE no Passeio Pedra Branca


O Curso de Cinema da Unisul exibiu, na última sexta-feira (14), cinco dos 18 filmes realizados pelos alunos como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no ano de 2018. 

Os 18 filmes foram exibidos em duas sessões, nos dias 6 e 7 de dezembro, no FITA CREPE DE OURO 2018, na sala de Cinema do CIC.

Estiveram presentes na sessão ao ar livre, junto de suas obras, os cinco realizadores dos filmes selecionados para a exibição:

Mattyyiah, de Paula Reis

Espectroon, de Maíra Linhares
Juventus FC, de Alexandre Manoel
Conari, de Vinícius Andrade
Apesar dessa miragem eu não errei seu nome, de Victor Ávila  

Os espectadores receberam cédulas durante a sessão para que participassem da votação do Júri Popular. O filme melhor avaliado pelo público presente no Passeio Pedra Branca foi Juventus FC, de Alexandre Manoel

A exibição foi uma parceria com o 5º Natal Encantado Passeio Pedra Branca.

Produção: Mara Salla, Marilha Naccari, Clarice Oliveira, Rafael Rubim e Felipe Duarte.

Câmera: Paulo Henrique de Abreu


Fotografia: Natália Poli

Edição: Mara Salla e Vitor Gnneco

Estagiária Coordenação: Débora Espit


Secretária Coordenação: Vivian Ferreira


Agradecimentos: Equipe do Curso de Cinema da Unisul e Equipe da Diretora de Marketing do Passeio Pedra Branca - Clarice Oliveira










































































quinta-feira, 13 de dezembro de 2018


Curso de Cinema promove sessão de cinema ao ar livre


O curso de Cinema da Unisul promove nesta sexta-feira (14) uma sessão de cinema ao ar livre no Passeio da Pedra Branca. A sessão faz parte do evento Natal da Pedra Branca e conta com cinco filmes dentre os 18 produzidos pelos estudantes como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Nos dias 6 e 7 de dezembro, os 18 filmes participaram da Mostra Competitiva Fita Crepe de Ouro.

Os filmes selecionados, por ordem de exibição, são:

Mattyyiah de Paula Reis
Sinopse: Acompanhamos o menino Mateus durante a ausência de seu pai que fora viajar a trabalho. Os dias se passam, a espera aumenta e a ansiedade toma conta do garoto. Rute, a mãe da criança, cumpre o papel de preocupação e zelo com seu filho e ao mesmo tempo se vê encurralada para mantê-lo distraído, sem revelar o que realmente está acontecendo fora dali, mas no dia em que precisa sair rapidamente, a vizinha acaba revelando um possível futuro sem o pai do menino.
Espectroon de Maíra Linhares
Sinopse: Dra. Eliza é condenada por insubordinação e traição. Como forma de conter suas ações, a corporação R.A.G.E transfere sua consciência para um robô. Após ser resgatada por um grupo desconhecido, ela precisa enfrentar um mundo completamente destruído por
organismos não terrestres enquanto cuida de sua filha recém-nascida.
Juventus FC de Alexandre Manoel
Sinopse: Juventus FC conta a história da relação de Laura e Antônio, filha e pai respectivamente, em dois momentos das suas vidas: no primeiro, onde Laura era criança e estava sob os cuidados de seu pai distante, e o segundo, onde Antônio, agora com mal de Alzheimer, está sob os cuidados da filha.
Conari de Vinícius Andrade
Sinopse: Conari conta a história de Flávio e Marina, duas pessoas que não se conhecem vivendo um dia rotineiro de seus trabalhos, ele um motorista de aplicativos, ela uma modelo fotográfico em comum a paixão pela fotografia, até que eventos estranhos os conectam no passado, e presente, fazendo ambos refletirem sobre o que fazer.
Apesar dessa miragem eu não errei seu nome de Victor Ávila
Sinopse: Um recorte das vidas de um investigador criminal e uma cantora de bar.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Resultado Oficial FITA CREPE DE OURO 2018



Nos dias 6 e 7 de dezembro de 2018, o Curso de Cinema e Audiovisual da UNISUL realizou a 12ª Mostra Competitiva FITA CREPE DE OURO e a 4ª Mostra FITINHA CREPE DE OURO.

Veja lista dos premiados:


FITA CREPE DE OURO

Melhor Ficção
APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME
por Victor de Ávila Domingos

Melhor Documentário
FEITO DE PEDRA E OSSOS
por Leandro Cordeiro

Melhor Filme Júri Popular
PÓS-TRAUMÁTICO
por Tallis Constanzi

Melhor Direção
(EMPATE)
Junior Laurentino
por PERMANECER

e
Tallis Constanzi
por PÓS-TRAUMÁTICO

Melhor Roteiro
(EMPATE)
Carolina Soares Bizarro
por ENCONTRO

e
Alexandre Manoel Nascimento
por JUVENTUS FC

Melhor Montagem
(EMPATE)
Andy Puerari
por PÓS-TRAUMÁTICO
e
Endriu Lima
por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME

Melhor Ator
Jemerson Batista
por EU PROVAVELMENTE MORREREI ANÔNIMO

Melhor Atriz
Rita Roldan
por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME

Melhor Ator Coadjuvante
Vinícius Andrade
por JUVENTUS FC

Melhor Atriz Coadjuvante
(EMPATE)
Fabiana Lazzari
por PALIMP6º
e Neusa Borges
por PALIMP6º

Melhor Ator Infantil
João Otávio
por MATTIYYAH

Melhor Atriz Infantil
Bárbara Heloísa Dutra
por CADA PASSO

Melhor Direção de Fotografia
Vinícius de Andrade
por CONARI

Melhor Desenho de Som
Gabriel Turbiani
por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME

Melhor Direção de Arte
Guilherme P. Colossi e Gabriel Araújo
por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME

Melhor Maquiagem
Madu Medeiros
por AONDE FOI FELÍCIA?

Melhor Figurino
(EMPATE)
Marian de La Vega e João Lobo

por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME
e
Ana Ferreira
por ESPECTROOM

Melhor Arte Gráfica
Victor da Silva Zanini
por PERMANECER

Melhor Música Original
Pedro Germer
por APESAR DESSA MIRAGEM EU NÃO ERREI SEU NOME

Prêmio curso:

Desempenho Acadêmico
Junior Laurentino

Prêmio Homenagem
Paulo Henrique de Abreu

Vitor Gnecco


FITINHA

UA (Unidade de Aprendizagem) - Fazendo Filmes
Professores: André Arieta e Marilha Naccari
Categoria: Melhor 1º Filme
Vencedor: Religare Luna
Direção: Kamila Noavaes

UA - Desenho de Som
Professor: André Arieta
Categoria: Melhor Som
Vencedor: The Journey
Direção: Maria Antônia Camargo, Douglas V. Matos, João Gabriel Willerding, Burno Dalmolin

UA - O Projeto para Documentário e Os Sujeitos no Documentário
Professora: Marilha Naccari
Categoria: Melhor Documentário
Vencedor: (Empate) James Jill; Joaquim e a Janela
Direção: Rodrigo Ribeiro (James Jill); Carlos Adelino (Joaquim e a Janela)

UA - Estruturas Narrativas e Dramáticas e Recursos Narrativos em Cinema e TV
Professora: Demétrio Panarotto
Categoria: Melhor Roteiro
Vencedor: Paralelos
Direção: Felipe Bizolo Sommer

UA - Cinemas Mundiais - Análise Fílmica e Crítica do Filme e da Cultura - Questões Contemporâneas das Artes
Professora: Ramayana Lira e Dilma Juliano
Categoria: Estudos de Cinema
Vencedor: Entrevista com Luiza Romão
Direção: Marina Simioli, Marcela Soares, Raquel Pitz, João Lobo, Beatriz Gentil

UA - Dramaturgia da Imagem e Produção em Fotografia Cinematográfica 
Professores: André Arieta e Jair Molina
Categoria: Melhor Fotografia
Vencedor: A Bailarina
Direção: Kamila Novaes

UA - Projeto em Direção de Arte - Direção de Arte e Identidade Artística
Professora: Nádia Neckel
Categoria: Melhor Direção de Arte
Vencedor: Qaudro Negro
Direção: Rodrigo Ribeiro, Carlos Adelino, Carlos Eduardo Ceccon

UA - Princípios e Procedimentos da Montagem Cinematográfica
Professora: Mara Salla
Categoria: Melhor Montagem
Vencedor: (Empate) Caso 81; A Dança Rubra
Direção: Débora Espit, Luiza Medeiros, Ariane Derner, Kimie Obuti, Natália Paes, Luan Greg, Victor Freitas, Wagner Luiz, Matheus Mendes (Caso 81); Renan Rigon, Victor Zanini e Kamila Novaes (A Dança Rubra)

Melhor Filme Eleito Pelo Júri Popular
Vencedor: Comérdia
Direção: Luan Greg, Victor Freitas, Wagner Luiz, Matheus Mendes, Natália Paes, Débora Espit, Luiza Medeiros, Ariane Derner, Kimie Obuti



Produção:

Professores: André Arieta, Demétrio Panarotto, Daniel Izidoro, Dilma Juliano, Jair Molina, Mara Salla, Marilha Naccari, Nádia Neckel, Ramayana Lira.

Técnicos: Natália Poli (Apoio Logístico), Marcio Carvalho (Elétrica), Paulo Henrique de Abreu (Câmera), Sérgio Ouriques (Rádio), Vitor Gnecco (Edição).

Estagiária Coordenação: Débora Espit

Secretária Coordenação: Vivian Ferreira

Agradecimentos: Anna Mittmann, Daniel Medeiros e Igor Miguel

A premiação foi apresentada por Ariane Cândido e Guilherme Ricci , estudantes da 4ª fase do Curso de Cinema UNISUL. A assistente de palco foi a acadêmica Débora Espit, estudante da 4ª fase do Curso de Cinema UNISUL.

Fotografias: Beatriz Rey (06/12) e Natália Poli (07/12)